Prefeito de Cabaceiras envia projeto para Câmara que pede a suspensão de empréstimos consignados de servidores

O prefeito de Cabaceiras, Tiago Castro, confirmou nesta quarta-feira (11) que já enviou para a Câmara de Vereadores o projeto de lei que pede a suspensão de empréstimos consignados para servidores municipais por 120 dias, por conta do estado de calamidade provocado pela pandemia do coronavírus.

“Essa é uma medida que se transformou em lei através da Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador João Azevêdo, como forma de ajudar os servidores nesse momento tão delicado. Pensando nos servidores da Prefeitura de Cabaceiras decidi encaminhar para o legislativo apreciar a matéria para suspender por 120 dias a cobrança dos empréstimos no âmbito municipal”, ressaltou Tiago.

A Câmara de Cabaceiras deverá se reunir em sessão extraordinária nos próximos dias para apreciar a matéria.

COMPARTILHAR